30 de novembro de 2017

OpenVPN de verdade em um Chromebook


O suporte a OpenVPN em Chromebooks sempre foi inexplicavelmente porco e inadequado. Quem como eu adquiriu um atraido pelo preço, peso leve e longa duração de bateria,porém precisava desta funcionalidade, se deparou com um oceano de problemas e frustração.

As possíveis soluções para este tipo de conexão espalhadas pela web variam entre criações de arquivos ONC que na maioria dos casos é ineficaz por não oferecer várias das funcionalidades comuns a outras gambiarras que atendem raríssimos casos. No final das contas, nada definitivo ou sequer minimamente adequado.

Pois bem! Eis que surge o suporte a Android Apps para nos resgatar! Vários dos modelos de Chromebooks já oferecem suporte a Play Store no stable ou beta channel. Com esta novidade salvadora de vidas, todos os meus problemas foram resolvidos instalando um cliente OpenVPN de Android, o JuiceSSH para administrar meus servidores e o Opera Mini para os poucos serviços web que precisar acessar via VPN. A única limitação - com a qual consigo conviver tranquilamente - é que somente apps de Android acessam as rotas criadas pela VPN deste modo já que todos executam em um sandbox fechado.