6 de julho de 2020

Reforma em meu site pessoal


Desisti de usar o Jekyll para blogar. No entanto, irei continuar o utilizando como motor do meu site pessoal/profissional. Me pareceu uma boa deixá-lo mais limpo e fiel ao seu propósito inicial de ser uma espécie de cartão de visitas e trazer de volta para cá os outros tipos de conteúdo.

O Jekyll é tão simples e direto ao ponto em sua concepção e no que propõe, que várias das funções que esperamos de qualquer tipo de gerenciador de conteúdo acabam requerendo bem mais esforço, tanto na customização inicial como na manutenção de conteúdo por parte de quem está operando um site baseado nesta ferramenta. Além disto, não estava me atraindo muito a idéia de lidar com o processo usual do GIT para cada pequena modificação ou novos posts.

Aqui está o antes da modificação(com cortesia do Internet Archive) e o agora.

4 de julho de 2020

The Witcher 2 - O Retorno

The Witcher 2


Depois de anos, resolvi voltar a jogar The Witcher 2. Fazia já um tempo que estava ensaiando retomar este título para concluí-lo ainda antes de iniciar a tão cultuada parte 3. E antes que me pergunte. Sim, já joguei e zerei o primeiro! O original ainda é certamente um grande jogo e embora o tempo tenha deixado suas mêcanicas de combate um tanto quanto envelhecidas, a ambientação e história mais que compensam uma olhada até nos dias de hoje.

Desta vez, recomecei o jogo mudando de plataforma. Jogava antigamente no Steam, mas decidi levar esta nova run para o Xbox One X. A versão de PC tristemente não suporta resoluções ultra wide e por este motivo, não poderia tirar proveito completo do meu monitor. Acabei então optando pela experiência em uma TV 4K sentado no sofá. The Witcher 2 é um daqueles títulos que ganharam um carinho extra e tiveram sua retrocompatibilidade optimizada para o One X.

Demon Slayer

Demon Slayer


Terminei de assistir por estes dias a adaptação para anime do tão badalado Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba. Aquele título que é o atual detentor absoluto dos recordes de vendas de mangás no Japão e criou uma legião de fãs pelo mundo.

O enredo nos leva a acompanhar a história de Tanjiro, um filho exemplar que trabalha duro vendendo carvão na cidade. Logo entendemos que é uma garoto muito querido por todos e com um grande coração. Após esta rápida introdução, testemunhamos seu mundo desabar em uma pancada covarde e brutal! Sua família é assassinada e sua irmã, única sobrevivente, se torna um demônio. Esta cena aterradora lhe revela um novo mundo cruel e sombrio. A partir deste ponto, o jovem irá partir em um viagem cheia de reviravoltas e personagens cativantes em busca de devolver a humanidade à sua irmã e punir os responsáveis por transformar sua vida em um inferno na Terra.

Depois de assistir os 26 episódios, me tornei um novo fã. E vou te falar… Todo este sucesso é mais que merecido! História sensacional, animação incrível e uma belíssima trilha sonora. Carimbo com gosto, um sólido 10/10 nesta obra!

Demon Slayer pode ser assistido oficialmente no Crunchyroll.

Hello World

Nova década, novos posts. Resolvi retomar este velho blog undead que já estava criando teias de aranha e irei publicar mais uns textos por aqui! Como antes, textos que tenham relação com as coisas que gosto como o que tenho assistido, lido ou jogado e ainda, talvez quem sabe, sobre minhas áreas de conhecimento.