6 de julho de 2020

Reforma em meu site pessoal


Desisti de usar o Jekyll para blogar. No entanto, irei continuar o utilizando como motor do meu site pessoal/profissional. Me pareceu uma boa deixá-lo mais limpo e fiel ao seu propósito inicial de ser uma espécie de cartão de visitas e trazer de volta para cá os outros tipos de conteúdo.

O Jekyll é tão simples e direto ao ponto em sua concepção e no que propõe, que várias das funções que esperamos de qualquer tipo de gerenciador de conteúdo acabam requerendo bem mais esforço, tanto na customização inicial como na manutenção de conteúdo por parte de quem está operando um site baseado nesta ferramenta. Além disto, não estava me atraindo muito a idéia de lidar com o processo usual do GIT para cada pequena modificação ou novos posts.

Aqui está o antes da modificação(com cortesia do Internet Archive) e o agora.